Ascensões

Ascensão a Peña Orniz (desde La Cueta)

orniz 3

Peña Orniz é o segundo pico de maior altitude, depois do Cornón, no Parque Natural de Somiedo, nas Astúrias. É um cume fantástico e simultaneamente bastante acessível. É uma varanda privilegiada para as Ubiñas, a Este, e para El Cornón, a Oeste. A panorâmica sobre a alta montanha asturiana e leonesa dos Cantábricos, especialmente sobre o belíssimo Valle de Lago, fazem desta montanha um objectivo muito cobiçado. Os próprios itinerários, quer o aqui descrito, quer pela sua via asturiana, são em si mesmos espectaculares, sobretudo com neve. A sua vertente […]

continuar a ler

Técnica e Material

Como vestir-se em montanha: teoria da cebola

th_cebola_roxa

O corpo humano demonstra uma capacidade de adaptação notável… mas não é ilimitada. Os factores ambientais, especialmente os relativos ao clima, são determinantes no funcionamento do nosso organismo. A temperatura, a humidade e a altitude condicionam de forma decisiva a realização das actividades ao ar livre em geral e da montanha em particular. Os factores externos conjugam-se com varáveis internas (grau de transpiração ou o nível de intensidade física) e afectam de forma decisiva o nosso rendimento, comodidade e segurança na montanha.

Preparados para tudo…

Proteger o nosso corpo […]

continuar a ler

Técnica e Material

Escolher bastões de trekking

trek_poles

 

Os bastões de trekking são, hoje em dia, um equipamento essencial para caminhantes, pedestrianistas, trekkers e alpinistas. Qual razão disto?

Os bastões (battons em françês) melhoram grandemente a estabilidade, conferindo melhor apoio em qualquer tipo de terreno. Na compra destes, devem-se ter em conta algumas características: peso, preço, sistemas de absorção, material e empunhadura.

 

 

 

Vantagens da utilização de bastões na marcha:

melhoram o equilíbrio e o andar; nas descidas, aliviam a carga sobre as pernas e articulações; transferem carga das pernas para os ombros, braços […]

continuar a ler

MountainWorld

Bem-vindos e boas aventuras

th_logo_1

Subir, descer, atravessar montanhas implicam a realização de actos transcendentes que deixam marcas indeléveis no espírito. As montanhas são, com licença do mar, o maior expoente da natureza. Constituem ainda os últimos redutos de vida selvagem e configuram o elemento de que são feitas as verdadeiras aventuras. O desconhecido, os bosques, o gelo, a água, a rocha, a solidão, o frio, …, e a necessidade quase genética que o ser humano tem de explorar o mundo e de se conhecer a si próprio nessa viagem…

[…]

continuar a ler