Notícias

Crampons não homologados à venda on-line

Crampons não homologados

Equipar-se para a montanha invernal pode ser um exercício bastante caro. Botas, piolets, roupa e crampons são materiais onerosos que requerem um investimento considerável da nossa parte. Ceder a tentações de comprar pechinchas na Internet pode custar-nos muito mais de que umas centenas de euros. […]

continuar a ler

O tecido mortal

O tecido mortal

calor_0

Se agarrarmos em dois cubos de gelo e envolvermos um deles com uma meia de lã, verificamos que este último derrete de forma bastante mais lenta do que o primeiro. Porquê?

Para responder a esta pergunta primeiro necessitamos entender dois conceitos distintos que se confundem com frequência: energia térmica e calor. Sem entrar muito nos domínios da física e química, Calor refere-se “à transferência de energia térmica de um sistema para outro – ou entre partes de um mesmo sistema – exclusivamente em virtude da diferença de temperaturas entre eles”. […]

continuar a ler

Escalada

Perigo dos anéis de fita com mosquetão bloqueado

sling_rubber

Aqui deixo um vídeo sobre os perigos de utilizar uma borracha para bloquear o mosquetão num anel de fita. http://www.vimeo.com/70397022 O que vos parece? Já viveram esta situação?

Lanhoso

Via ferrata na Póvoa de Lanhoso

via ferrata lanhoso portugal

Este verão, junto com um amigo de inúmeras saídas, fui fazer a via ferrata que sobe até ao Castelo da Póvoa de Lanhoso. Esta via, segundo parece, decorre sobre o maior monólito de granito da Península Ibérica, o monte do Pilar. Não há melhor sítio para construir um castelo e o de Lanhoso lá está.

Via ferrata do castelo

A via ferrata parte da base deste enorme rochedo e leva-nos até ao castelo em pouco mais de quinze minutos, salvando um desnível de aproximadamente sessenta e cinco metros. É […]

continuar a ler

Fundamentos

Risco, segurança e prevenção de acidentes

A montanha é um um terreno de jogo imenso e multifacetado. Nela, podemos dar um simples passeio por vales e bosques ou ascender a um imponente e solitário cume através de uma comprometida via de rocha, neve e gelo. Apesar de já não encerrarem o aliciante do desconhecido (desde que o homem pôs satélites em órbita já só nos resta o fundo do mar!) conservam intactos todos os seus perigos.

Adentrar-se numa montanha é ultrapassar, em maior ou menor medida, o limiar da civilização. Sinceramente espero que continue assim. Não […]

continuar a ler