Sobre o autor

o autorHá mais de vinte anos que “faço montanha”.  Para mim é uma maneira de estar e de interpretar a vida.

As minhas primeiras aventuras realizaram-se nas serras do Minho, no norte de Portugal, com amigos e escuteiros do CNE. Saíamos, praticamente, com qualquer condição meteorológica e com equipamentos (tendas, roupa, botas,…) que hoje seriam impensáveis.

Sofremos, … sofremos bastante. Dormi e andei encharcado dias e noites a fio com mochilas “de ferros” com 25 Kg de tralha. As tendas eram tão volumosas que tinham de ser repartidas por todos e uma botija de gás pesava 5 Kg. Mas aprendemos mais… muito mais.

Calçávamos botas ensebadas e vestíamos calças de ganga e impermeáveis “feirex”, daqueles que molham mais se estiverem vestidos, do que sem eles, e assim, com sol, chuva ou neve, fizemos centenas de quilómetros por essas serras fora.

Na altura, a única instrução que tive acesso foi no Agrupamento de Escuteiros de Valença, e em regime autodidacta com o “Escutismo para Rapazes” de R. Baden Powell. Não havia internet…

Muito mais tarde, quando adquiri a minha independência económica, resolvi inscrever-me num clube de montanhismo espanhol na zona da Galiza.

Abriram-se-me novos e imensos horizontes…

Apesar de me dedicar profissionalmente ao ensino e à formação não tenho por objectivo, neste site, “ensinar” o que quer que seja a ninguém. Desejo apenas partilhar ideias, técnicas, histórias e informações sobre este mundo que são os desportos de montanha.

As actividades realizadas na montanha comportam riscos para a saúde e de vida. Para os minimizar procura formação de qualidade num clube ou associação montanhismo.

Boas aventuras!

Artur Coelho

 
[fb_button]